The Poppy War – R.F. Kuang

Você pode ler essa resenha em inglês aqui.

The Poppy War é um livro implacável. É um livro que não se compara a nada que eu li antes. É meu primeiro livro favorito de 2021.

A guerra não determina quem está certo. A guerra determina quem permanece.

Nós acompanhamos a jornada de Fang Runin, mais conhecida como Rin, uma jovem garota que está em busca de escapar de seu futuro onde deverá se casar mesmo que contra sua vontade, e nesta tentativa ela acaba por se inscrever para prestar um exame, o Keju, um teste que irá lhe permitir estudar em uma das escolas mais privilegiadas da nação de Nikara. Quando Rin não apenas passa no infame teste, mas também é uma das melhores colocadas todos ficam surpresos, incluindo ela mesma. Esse é apenas o começo da jornada dessa protagonista espetacular nessa fantasia militar inspirada pela história chinesa do século 20.

Porque se ela conseguisse apagar seu passado, então ela poderia escrever a si mesma em quem quer que ela quisesse ser no presente.

Eu não sei nem como começar a falar sobre este livro. Por meses eu estava de olho nele querendo ler, e eu sabia que seria uma das minhas primeiras leituras de 2021. Esse é o primeiro livro de uma trilogia e eu genuinamente fiquei chocada com o ritmo da história e com a quantidade de coisas que acontecem em um único livro. Por exemplo, em apenas 30% da história, a quantidade de tempo e coisas que haviam acontecido já seriam suficiente para muitos primeiros-livros-de-série, mas ainda tinham outros 70% pela frente! Eu literalmente não sabia o que esperar e não estava nem na metade da história. Anos se passam no livro, inúmeras coisas se modificam e em nenhum momento você quer tirar os seus olhos da página.

Rin é uma protagonista incrível. Eu estou admirada com ela e já a amo muito. Ela começa forte mesmo quando ainda é só uma garotinha de quatorze anos treinando para um exame excruciante, e ela cresce e muda e têm uma personalidade tão ardente e eu sinceramente não sei como expressar o que sinto por ela, mas eu sei que ela já se tornou uma das minhas personagens favoritas. Ela me lembrou muito a Mia de Nevernight, e na verdade a primeira parte do livro me lembrou muito de Nevernight e isso foi muito legal.

Rin havia desistido da luxúria do medo há muito, muito tempo atrás. Ela queria ter desistido tantas vezes. Teria sido mais fácil. Teria sido sem dor. Mas através de tudo, a única coisa em que ela se ancorou fora sua raiva, e ela sabia uma verdade: Ela não morreria assim. Ela não morreria sem vingança.

Este é um livro cruel. É um livro sobre guerra. Há assuntos muito pesados discutidos neste livro e ele é inspirado pela Segunda Guerra Sino-Japonesa, mais especificamente o Massacre de Nanquim também conhecido como o Estupro de Nanquim, então sinta-se avisado de que há coisas muito opressivas e muita, muita violência. Gatilhos para qualquer tema relacionado à Guerra e descrições gráficas.

Esse livro também mistura elementos de drogas inspirados pelas Guerras do Ópio com Avatar, A Lenda de Aang, eu estou usando esse exemplo porque ele é o melhor que consigo pensar, mas a verdade é que o livro é uma mistura de deuses, o reino espiritual, xamanismo, deuses loucos sepultados e a incessante busca pelo poder. Para ser honesta tentar resumir o que é The Poppy War é praticamente impossível e também um desserviço ao livro, porque afinal a sensação é de que li pelo menos três livros em um, perfeitamente balanceados e construídos, com uma precisão e minuciosidade de construção que me deixou sem palavras.

Eu sinto que The Poppy War é o livro que eu venho esperando para ler há muito tempo, talvez até mesmo anos. Esse livro foi exatamente o que eu queria, o tipo de livro que te deixa tão absorto na história que você não consegue pensar em nada além dele. Essa foi uma semana muito corrida para mim, mas eu almejava as duas horas de leitura diária que separei para esse livro assim como eu almejo ar. Foi uma experiência de leitura como nenhuma outra. Eu nem consigo imaginar o que vai acontecer daqui pra frente nessa história, mas eu com certeza mal posso esperar para descobrir.

Você pode comprar esse livro através do meu link de afiliado e eu recebo uma pequena comissão por isso, link aqui para a edição em inglês. Por enquanto ainda não há previsão de tradução.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.