Red, White & Royal Blue – Casey Mcquiston

Este é com certeza um dos livros mais hypados de 2019. Primeiro eu estava meio relutante em lê-lo, mas a curiosidade de saber se era mesmo tão bom quanto falavam acabou vencendo. Preciso dizer que para mim o livro não é nada do que o hype promete, e na verdade foi uma leitura que me deixou intrigada com o tanto de reações extremamente positivas que o livro teve.

This is undoubtedly one of the most hyped books of 2019. At first I was a little reluctant to pick this up, but I ended up being too curious about wheter it was any good so I decided to read it. I have to say that for me it was not at all what the hype promised, but a reading that left me a little puzzled at the extreme positive reactions this book got.

As ilustrações da capa brasileira estão lindas! E até mais bonitas que a original na minha opinião.

Aqui acompanhamos a história de Alex, filho da presidente dos Estados Unidos e Henry o Príncipe da Inglaterra enquanto eles se apaixonam. Primeiramente eu achei que a história ia ser muito mais haters to lovers enquanto eu comecei a ler, mas na verdade tudo aconteceu muito rápido e logo eles já estavam só de lovers mesmo. Eu não diria que foi do tipo amor instantâneo, mas foi quase lá. Meu maior problema com o livro foi a escrita de Casey. Eu realmente não gostei da escrita. E tive uma experiência bizarra enquanto lia o livro e me deparei com certas sentenças onde os personagens estavam em lugar “x” fazendo coisa “y” e na sentença seguinte eles estavam em lugares completamente diferentes e as vezes semanas haviam se passado! Foi simplesmente a pior coisa ao meu ver. Eu nunca me deparei com tal coisa em todos os meus anos de leitura e foi totalmente desconcertante, as vezes eu pensava que tinha pulado uma parte, mas não o livro é assim mesmo. Se tratando do ponto de vista apesar de termos apenas a visão de Alex eu achei que faltou profundidade, senti que o ponto de vista foi subaproveitado. Além disso acho que o livro ganharia muito tendo o ponto de vista de Henry também, porque em vários momentos ele parece mais um personagem secundário do que um protagonista.

Outro grande problema que tive foi o ritmo do livro. Ele é muito mais longo do que deveria ser (pensando na quantidade de plot que o livro realmente têm) e enrola muito para desenvolver as coisas, parecendo andar em círculos. Quando cheguei na marca de 50% na leitura eu considerei parar de ler, mas acabei decidindo continuar e chegar ao fim. Mas houveram muitas repetições e eu senti que estava lendo a mesma parte de novo e de novo, o livro deveria ter sido mais curto e coeso.

Eu gostei do relacionamento dos dois garotos, mas como eu disse o livro foi bem entediante em alguns momentos, então nessas horas eu fiquei um pouco cansada dos protagonistas. E eu senti que apesar de a relação ser vendida como uma de dois “soulmates” não foi bem assim que se transpareceu nas páginas. Eu achei que eles tem uma relação muito mais física do que qualquer coisa, então houve uma falta de desenvolvimento na parte emocional e intelectual do relacionamento dos dois. Eu entendo que é difícil fazer isso na escrita, mas me pareceu que a autora pensou que mostrando como eles são próximos fisicamente e sexualmente isso seria suficiente para transparecer o quanto eles são próximos em outros aspectos, mas não é assim que funciona. Por fim, eu não me importo com cenas explícitas, mas houveram tantas delas em sequência (apenas mudando a localização ou a data de onde estavam os personagens) que uma parte grande do livro pareceu uma grande cena de sexo. Talvez a autora pudesse ter separado as cenas um pouco melhor e deixado mais espaço entre elas.

Eu sei que é algo completamente pessoal, mas eu em incomodo muito com capítulos muito longos e este livro tem apenas quinze capítulos o que para um livro de mais de 400 páginas é muito muito pouco. Alguns capítulos tinham 45min ou mais de uma hora no meu kindle e isso me desmotivava a ler. Eu sinto que se se tivessem sido mais capítulos e mais curtos a leitura iria fluir muito mais, especialmente por conta dos problemas que tive com a escrita da autora.

Minha avaliação final do livro é que — não é um livro ruim, ao contrário, eu gostei do livro. Mas não é um livro ótimo. E com certeza não é uma leitura cinco estrelas, o melhor livro de 2019 e etc. Com certeza é overhyped. Há algumas cenas realmente lindas e emocionantes no final do livro e que me deixaram com lágrimas nos olhos, mas ter algumas cenas incríveis não faz um livro se tornar ótimo. Eu senti que as pessoas parecem ter amado o livro e dado classificações tão altas por causa da representação LGBT, mas isso também não é algo que faz um livro ser ótimo. Eu gostaria que as pessoas fossem um pouco mais críticas ao avaliarem os livros, especialmente um com sua cota de problemas como esse. Mas estou feliz que finalmente li e posso ter minha própria opinião sobre ele.

Para a versão em inglês da resenha clique aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.