The Turn of the Key – Ruth Ware

The Turn of the Key é o quinto e mais recente livro publicado por Ruth Ware, escritora britânica de thriller e suspense.

Já faz bastante tempo que tenho curiosidade para ler algo escrito pela autora especialmente depois do boom e das inúmeras críticas que A Mulher na Cabine 10 recebeu. Das autoras contemporâneas de thriller atuais como Gyllian Flynn, Paula Hawkins, Ruth Ware era a única com a qual eu ainda não havia tido contato.

Minha experiência de leitura com The Turn of the Key (A Virada da Chave em tradução livre) foi excepcional. Em quesito de escrita e ritmo a autora consegue nos manter interessados e vidrados em cada movimento da protagonista, bem como criar o suspense perfeito e intrigante a ponto de não querermos largar o livro. Os toques de horror estão presentas na obra, criando momentos em que a leitura se torna mais assustadora, especialmente para quem, como eu, estava lendo tarde da noite.

Entrei na leitura do livro sem saber absolutamente nada sobre ele, até porque pouco tempo antes da publicação do mesmo ainda nem havia uma sinopse oficial no GoodReads, então eu realmente não sabia do que se tratava a obra. Para resumir este é um livro sobre uma babá que é acusada de matar uma criança que estava sob seus cuidados, mas mesmo que você pense que isso já foi feito vezes demais e está batido, eu previno, a leitura é surpreendente e original. Combinando uma casa numa localidade remota na Escócia e nada menos do que uma construção vitoriana que foi reformada, combinando a beleza da arquitetura gótica com painéis eletrônicos que comandam tudo, a luz, as persianas, o som, o aquecimento e também câmeras em todos os ambientes (e tudo isso também é controlado por um app) a sacada genial da autora foi nos inserir em um lugar tão aparentemente “banal” para os dias de hoje, mas ser capaz de nos mostrar que a tecnologia pode ser sim assustadora.

A protagonista do livro foi acusada de um crime que ela mesma alega não ter cometido e o que ela relata no livro é sua versão dos fatos e de como tudo aconteceu, incluindo acontecimentos estranhos e sinistros enquanto ela cuidava de duas meninas pequenas e uma bebê. Confesso que pude sentir a pressão e o cansaço da protagonista enquanto ela relatava as desventuras e percalços pelos quais passava enquanto lidava com crianças mal educadas e um bebê que precisavam de atenção e cuidados constantes. Isso só me faz elogiar ainda mais o trabalho da autora, pois se ela foi capaz de me transmitir perfeitamente a exaustão de uma personagem, então ela fez um bom trabalho.

The Turn of the Key é uma leitura rápida e instigante, que nos deixa sedendo por respostas até a última página. E garanto que o final não é de se decepcionar, pelo contrário é algo que não se pode imaginar por nenhum segundo. Estou muito satisfeita por ter gostado do livro e tenho certeza que lerei outros livros da autora muito em breve.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.