Feita de Fumaça e Osso – Laini Taylor

Confesso que quando esse livro foi publicado no Brasil, circa 2012, eu não dei muita bola, mas em 2017 depois de pesquisar mais sobre ele fiquei muito curiosa para ler, o problema é que ele não está mais sendo editado pela editora, então é muito difícil de encontrá-lo hoje em dia.

Karou é uma adolescente de dezessete anos que mora em Praga, estudante de artes no Liceu, tem cabelos azuis e diversas tatuagens, a vida dela bem que poderia ser uma boa fanfic, tirando o fato de que ela foi criada no covil de um demônio. Apesar de não ter ideia do motivo que levaria uma criança humana a ser criada por tais criaturas ela cresceu recheada de boas memórias e com o passar dos anos começou a realizar tarefas para seu protetor. A mais importante destas é intermediar transações, mais especificamente Karou recolhe dentes ao redor do mundo. O motivo pelo qual Brimstone precisa deles, ela nunca soube e mesmo quando questionado ele nunca respondia, então Karou parou de perguntar.

É apenas o começo quando estranhas marcas de mão começam a aparecer nos portais que levam do mundo humano ao escritório de Brimstone. Depois, enquanto negocia com um mendigo em Marrakech Karou tem um encontro inesperado com nada menos que um anjo. Um encontro quase fatal diga-se de passagem. E depois deste dia tudo vai mudar.

Eu sabia bem pouco a respeito da plot antes de começar a ler e me surpreendi bastante durante a leitura. Gostei muito do worldbuilding e da forma como a autora propôs a mitologia em seu livro. É sempre muito gratificante quando um autor pega um tema, nesse caso anjos e demônios, e o incorpora plenamente, pois é assim que um livro se destaca dos outros, mesclando algo já existente com originalidade.

Era uma vez um anjo e um demônio que se apaixonaram.

A história não acabou nada bem.

A questão da escrita foi um ponto interessante, durante a leitura eu consegui dividir o livro em três partes de acordo com o que estava se desenrolando no momento e eu senti que a escrita da autora pareceu se modificar para atender as necessidades de cada parte. Digo isso pois gostei bastante da primeira parte e da segunda mas a terceira foi um tanto quanto maçante para mim, mas além da escrita acho que isso tem haver com um ponto x (que não posso mencionar por ser spoiler grande).

Outra coisa que senti enquanto lia foi que o livro é bem introdutório, bem o-primeiro-livro-de-uma-trilogia. Mas não no sentido ruim, pelo contrário, acredito que o primeiro livro pode seguir três caminhos ou ele é muito bom e te derruba no chão de tão bom, ou ele é incrivelmente chato e alongado e te faz questionar o porquê de a história ter mais de um livro pra começo de conversa ou ele é o intermédio desses dois. Esse é o caso de Feita de Fumaça e Osso. Ele teve seus momentos mais alongados (como eu já falei acima) mas ele também teve um ritmo muito bom durante quase toda a narrativa, uma escrita que fluiu e uma premissa muito muito cativante.

A esperança pode ser uma força poderosa. Talvez não haja magia real, mas quando você sabe o que mais deseja e mantém isso aceso como uma chama dentro de si, pode fazer as coisas acontecerem, quase como mágica.

Estou muito empolgada com a história e mais do que nunca sedenta para mergulhar ainda mais fundo nela e nesses personagens. Espero que o próximo volume me surpreenda ainda mais! Ah e fica aqui a minha curiosidade e afeição pelo Akiva, que eu mal conheço e já considero muito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.